quarta-feira, agosto 22, 2007

Matrix baiana


Acabo de ler a seguinte notícia no site do jornal A Tarde:


Pontos de jogos de azar serão fechados em Salvador

Li, reli e não entendi. Será que o pessoal da polícia, do judiciário e da imprensa está vivendo em uma dimensão paralela ou em uma realidade alternativa? Talvez na matrix.
Não há em Salvador (pra não falar no interior da Bahia) quem não saiba do funcionamento regular e corriqueiro do jogo do bicho. É difícil se deslocar pela cidade e não encontrar uma das barraquinhas da Paratodos. Os caça-níqueis têm uma presença menos ostensiva, mas ainda assim são vistos e encarados com absoluta naturalidade pela população e "autoridades" locais.
Talvez o intuito dessas operações e das notícias seja para tentar impressionar a população de outros estados brasileiros, dando a impressão que se está fazendo algo relevante para justificar o dinheiro que os contribuintes lhes entregam.
O pouco que vi aqui em Recife já foi suficiente para constatar que a presença do jogo do bicho é tão ou mais ostensiva e natural que em Salvador.
Quem será que esse pessoal está tentando enganar? Os bebês?

Um comentário:

Velhinho-Rabugento disse...

Puxa, Lauro, e eu pensei que era só aqui em Peruibe que isso acontecia. Quer dizer que por aí também? Hmmm, quando morei na região de Campinas, isso também existia. Idem, em Resende-RJ. Meus Deuses!?!?! Será que o Brasil está contaminado?!?!?!?!
Daqui a pouco acabo acreditando até que existe corrupção, nunca antes vista "neztepaiz" rsrsrsrs
(Desculpe a carga de ironia, mas o Rabugento está de maus bofes ;^P)